Nem sempre é preciso recorrer a medicamentos para minimizar dores crônicas ou tensões musculares. Tratamentos complementares, como a acupuntura, podem trazer alívio para o paciente ao explorar o potencial de defesa do nosso corpo, melhorando nossa saúde como um todo.

Nascida na China há mais de 5 mil anos, a acupuntura utiliza agulhas em pontos específicos do nosso corpo, os chamados meridianos. Ao serem estimulados, eles reequilibram o fluxo de energia prejudicado pela enfermidade. O próprio organismo restaura o equilíbrio orgânico e metabólico.

No total, há 365 áreas que podem ser “furadas”, a maioria nos braços, mãos, orelhas, pernas e pés. Mesmo quem tem medo de agulhas e objetos pontiagudos pode ser submetido à terapia, já que as picadas são praticamente indolores. Sente-se apenas, na maioria das vezes, pontadas e pressões leves.

E os benefícios são enormes e variados: a acupuntura ajuda no tratamento de náuseas e enxaquecas, dores na lombar, no joelho e no pescoço, entre outros. Auxilia ainda a reduzir os incômodos de doenças psicomotoras, como tremores.

E não é só. Quem sofre de ansiedade ou depressão também obtém resultados imediatos, já que a prática é capaz de reduzi-las. E mesmo quem não tem nenhuma doença diagnosticada pode fazer uma sessão: como diminui o estresse, a acupuntura oferece bem-estar e leveza, proporcionando o sentimento de calma e equilíbrio que todos necessitam.

A acupuntura se tornou um dos cuidados alternativos mais comuns no mundo todo. No Brasil, não só é reconhecida como está incluída na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PICS) do Sistema Único de Saúde (SUS), que procura usar conhecimentos de povos tradicionais para promover a saúde.

Mas, antes de marcar sua primeira hora com um acupunturista, preste atenção se o profissional é habilitado. Como se trata de um procedimento médico, que precisa de conhecimento específico, apenas médicos, dentistas e outros profissionais da área de saúde devem realizá-lo.

E não esqueça: antes de tudo, veja se as agulhas são descartáveis! A recomendação vale também na hora de tomar injeção ou vacina! Fique atento, Afinal, agulhas contaminadas podem transmitir várias doenças!

0543

Você também pode gostar de:

Comments are closed.