Mesmo com as altas temperaturas que assolam o Brasil no início do ano, tem gente que faz questão de tomar um café pelando assim que acorda e, mesmo que os termômetros estejam batendo recordes, também não abre mão de uma série de xícaras ao longo do dia.

O hábito do brasileiro de consumir café nos 365 dias do ano já virou até meme. Na internet, circulam piadas com essa mania, que não ocorre à toa. O Brasil é o maior produtor e exportador do grão. E é o segundo maior consumidor do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

O café tem muitos benefícios, como dar energia, disposição e foco. Consumir a bebida para começar bem o dia ou logo depois do almoço não causa problemas, mas o exagero pode trazer riscos à saúde, gerando desconfortos ou agravando doenças preexistentes.

É preciso ficar atento à quantidade de cafeína ingerida ao longo do dia. Segundo estudos, um adulto saudável pode consumir até 400ml, o que equivale a quatro xícaras de café coado. O expresso requer atenção: ele tem o triplo de cafeína, é preciso moderar!

As doses recomendadas variam de acordo com a idade e comorbidades existentes. Para crianças e adolescentes, o máximo por dia é uma xícara de café coado. Para quem já tem predisposição à hipertensão, o consumo acima de três doses aumenta os riscos de pressão alta.

A cafeína, principal substância do café, é também encontrada em mais de 60 plantas, além de outros produtos, inclusive os industrializados, como refrigerantes, achocolatados e chocolates, que devem entrar na cota diária.

A explicação para controlar o consumo de cafeína é simples. A substância atua como estimulante do sistema nervoso central e seu excesso pode acarretar nervosismo, ansiedade, palpitações, aumento da pressão arterial e tremores. Nos casos mais graves, os batimentos cardíacos aumentam e ficam desregulados e é possível ter tontura, convulsões e dificuldade para respirar.

Ninguém quer sentir nada disso por conta do café, certo? Preste atenção na quantidade e não abra mão do seu prazer diário!

0529

Você também pode gostar de:

Comments are closed.