Com uma vida mais sedentária e uma dieta inadequada, nossos jovens estão mais obesos, aponta um estudo desenvolvido pela organização global de saúde pública Vital Strategies em parceria com a Universidade Federal de Pelotas. O levantamento ouviu nove mil brasileiros, entre janeiro e abril de 2023, em temas como prática de atividade física, hábitos alimentares, saúde mental, prevalência de hipertensão arterial e diabetes, além de consumo de álcool e tabaco.

O resultado acendeu um alerta para especialistas e autoridades ligadas ao assunto: a parcela de obesos com idades entre 18 e 24 anos quase dobrou entre os anos de 2022 e 2023. Ou seja, o percentual do Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou acima de 30 saltou de 9% dos jovens para 17,1%. A alta representa um aumento de 90% da obesidade neste grupo.

Esse crescimento substancial em tão pouco tempo assustou os pesquisadores. O período do levantamento abrange uma parte da pandemia de Covid-19, quando muitos jovens que estavam estudando ou buscando o primeiro emprego tiveram que, repentinamente, ficar em casa. A este problema somam-se o aumento do consumo de fast food e ultraprocessados, baixa ingestão de frutas e verduras, e a redução as atividades físicas.

O trabalho registrou o maior aumento da obesidade desde que a pesquisa começou a ser realizada, em 2006. O último recorde tinha acontecido em 2021, quando 12,2% dos entrevistados relataram aumento do peso. A OMS estima que até 2025 o número de jovens obesos no planeta possa chegar a mais de 75 milhões.

Uma das formas de combater esse tipo de problema é diminuir o comportamento sedentário, com a introdução de atividades físicas rotineiras. Outro ponto é a reeducação alimentar dos jovens. Um acompanhamento nutricional, com maior controle de ingestão de alimentos calóricos, também é necessário. Tudo isso sem descuidar, é claro, de um cuidado maior com a saúde mental, já que crianças, adolescentes e jovens adultos estão cada vez mais expostos às intempéries das redes sociais e às ansiedades e inseguranças comuns à própria idade.

0365

Você também pode gostar de:

Comments are closed.