A chegada de um novo ano traz promessas e resoluções e, para começar bem, com saúde, segurança e disposição, um check-up médico é fundamental. Ele vai dizer se está tudo bem com o seu organismo e apontar o que precisa ser mudado para chegar a 2024 da melhor forma.

Essa bateria de exames é importante para que possamos entender nossas condições de saúde e diagnosticar precocemente possíveis doenças. Testes clínicos, laboratoriais e de imagem fazem parte desse cuidado anual.

Caso o paciente já tenha alguma doença ou condição que exija procedimentos periódicos, essa checagem no início do ano é ainda mais importante. Ela avalia o desenvolvimento da doença e ajuda o médico a elaborar novos tratamentos, se necessário.

As condições variam de acordo com cada paciente e cada corpo, mas alguns exames são básicos e costumam ser recomendados pelos profissionais de saúde por entregarem avaliações minuciosas.

O primeiro é o exame de sangue. O hemograma analisa a quantidade de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas, e é importante para indicar os níveis de glicemia e colesterol e ajudar a identificar casos de leucemia, anemia, doenças no sistema imune, entre outros.

Os eletrocardiogramas e testes ergométricos são prescritos para avaliar o funcionamento do sistema cardiovascular. De acordo com informações do Ministério da Saúde, cerca de 14 milhões de pessoas têm alguma doença relacionada ao coração.

Exames de fezes e urina são bem comuns e importantes. As amostras coletadas podem indicar, por exemplo, infecção.

Para uma prevenção bem-feita e completa, é preciso ficar atento também a males que têm prevalência ou acometem apenas a um determinado sexo. Para os homens, é necessário incluir, por exemplo, exame de toque, para diagnosticar a existência de câncer de próstata, que também pode ser descoberto pelo exame de sangue para a enzima PSA.

Para as mulheres, a mamografia é essencial para rastrear casos de câncer de mama. A Sociedade Brasileira de Mamografia indica que o exame seja feito anualmente por mulheres acima dos 40 anos. Já o Ministério da Saúde recomenda o exame a cada dois anos, entre os 50 e 69 anos, para mulheres sem sintomas.

O cuidado é importante. A mamografia detecta a presença de tumores responsáveis pelo câncer de mama, que, no Brasil, atinge cerca de 66 em cada 100 mil mulheres.

O papanicolau é capaz de diagnosticar a presença do vírus HPV, responsável por casos de câncer de útero. A ultrassonografia transvaginal é uma aliada na hora de descobrir problemas no aparelho reprodutivo, como endometriose, cistos e tumores.

Converse com seu médico de confiança e agende seus exames para começar 2024 da melhor forma possível!

0564

Você também pode gostar de:

Comments are closed.