Quando a gente fala em verão, logo vem à mente momentos de lazer. Afinal, a estação combina com praia, piscina e passeios ao ar livre. Enquanto a gente está se divertindo, não costuma pensar em muita coisa além de aproveitar cada momento ao máximo. E é aí que mora o perigo!

Poucas pessoas imaginam que é preciso redobrar os cuidados com a saúde durante os meses mais quentes do ano, quando costumam surgir gastroenterites, inflamações no ouvido e casos de desidratação. A lista de problemas é extensa e inclui ainda incômodas brotoejas, assaduras e micoses.

Alguns cuidados simples podem evitar dor de cabeça. Uma das medidas para se combater complicações intestinais, que podem ser acompanhadas de dores, vômito e diarreia, é caprichar na conservação adequada dos alimentos. Um vilão clássico costuma ser a maionese deixada fora da geladeira. Mas, atenção, nem sempre os alimentos são os culpados. Gastroenterites também podem ser causadas por vírus, bactérias e parasitas. Por isso, atenção extra! Beba água filtrada, cuide da higiene das mãos e só consuma comida da qual conheça a procedência.

Além do desconforto, as gastroenterites podem levar à desidratação, que ocorre quando o organismo perde mais água do que a quantidade que ganha com a ingestão de líquidos. Os sintomas mais comuns são boca e pele secas, olhos fundos, tontura, fraqueza e dor de cabeça. Para fugir do problema, beba água várias vezes ao dia. Também vale água de coco e sucos. E nada de ficar torrando ao sol! Na hora de praia ou piscina, reveze. Se bronzeie (não esqueça o protetor solar, que precisa ser reaplicado a cada duas horas) e procure sempre uma sombra!

Com frequência, o verão também aumenta o número de casos de micoses de pele e de unhas, já que os fungos se reproduzem com maior facilidade em ambientes quentes e úmidos. Pense duas vezes antes de calçar um tênis e meia, e prefira, se possível, sapatos mais ventilados. Manter a pele arejada e seca também contribui para que não surjam brotoejas e assaduras.

Por último, não esqueça de levar repelente quando sair de casa. O Aedes aegypti – o mosquito que transmite a dengue, zika e chikungunya – prolifera no verão, por conta das chuvas. Com algum planejamento e cuidado, é possível aproveitar a estação como ela merece – com muita diversão!

0207

Você também pode gostar de:

Comments are closed.