Você sabia que o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, não só no Brasil, mas no mundo todo? Para alertar sobre a importância da prevenção, a campanha Outubro Rosa acontece em todo o país e busca conscientizar as mulheres sobre os exames que podem diagnosticar a doença precocemente, aumentando as chances de cura.

O primeiro cuidado que as mulheres devem ter é estar sempre atentas às suas mamas. O autoexame é fundamental e várias cartilhas são distribuídas durante o mês de outubro mostrando como realiza-lo. Dores, descamação dos mamilos e, principalmente, o aparecimento de um ou mais caroços, geralmente duros e irregulares, são alguns dos sinais de alerta, e que exigem uma ida ao médico.

No Outubro Rosa, há também muitas campanhas que chamam a atenção para a importância da mamografia, um exame capaz de identificar nódulos que não são percebidos ao toque. A ultrassonografia também pode ser realizada para investigar o câncer de mama. Uma vez identificado um caroço, pode ser necessária a realização de biópsia para saber se ele é maligno ou não.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que 74 mil novos casos da doença, que pode atingir também homens, serão diagnosticados por ano até 2025. Os dados preocupam, mas algumas medidas podem ajudar a evitar o surgimento da neoplasia.

Adotar um estilo de vida saudável, que contemple atividades físicas e boa alimentação, pode reduzir em até 28% o risco de desenvolver o câncer de mama, de acordo com informações do Ministério da Saúde.

Caso você tenha a doença, saiba que os tratamentos avançaram muito. Já há inúmeros medicamentos novos no mercado, que impedem, muitas vezes, a progressão do tumor, garantindo melhor qualidade de vida.

0269

Você também pode gostar de:

Comments are closed.