A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Federação Internacional de Diabetes (IDF) criaram, em 1991, o Dia Mundial do Diabetes, celebrado no dia 14 de novembro. A data foi pensada para conscientizar e informar a população sobre a doença que, de acordo com o último Atlas do Diabetes, publicado em 2021 pela IDF, atinge mais de 500 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, são mais de 13 milhões, o que representa 6,9% da população.

O diabetes é causado pela produção insuficiente ou pela má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue. As altas taxas de glicemia podem gerar complicações no coração, artérias, rins e outros órgãos. Por isso, é preciso um acompanhamento constante a fim de evitar sequelas e casos graves.

Alguns fatores de risco podem contribuir para o surgimento da doença. Pressão alta, colesterol alto, doenças crônicas renais e sobrepeso são alguns dos sinais de alerta. Preste atenção em sintomas como fome e sede constantes, fraqueza, formigamento nos pés e nas mãos, e feridas que demoram para cicatrizar.

A doença é classificada de formas diferentes. O diabetes tipo 1, quase sempre crônico, acomete mais adultos e exige tratamento diário para controle de glicose no sangue. Já o tipo 2, relacionado ao sobrepeso e sedentarismo, é o mais comum no Brasil, com 90% dos casos. O diabetes latente autoimune do adulto é um quadro agravado do tipo 2, caracterizado por um processo autoimune do corpo. Além disso, existem o pré-diabetes e a diabetes gestacional.

Mas você sabia que há maneiras de prevenir o desenvolvimento do diabetes? Não é segredo que uma vida equilibrada e hábitos saudáveis são fundamentais para nossa saúde e, no caso do diabetes, não é diferente. Uma alimentação balanceada e natural e a prática de exercícios físicos são algumas das recomendações médicas, assim como evitar fumar.

No caso em que o diabetes já surgiu, é preciso monitorar a doença e retardar sua evolução. Os aparelhos medidores de glicose são grandes aliados. Eles medem o nível de açúcar no sangue e devem ser usados diariamente pelos pacientes com diabetes. A G-Tech oferece uma linha de produtos que garantem a qualidade de vida da pessoa diagnosticada com diabetes, como os glicosímetros G-Tech Free Smart e o G-Tech Lite Smart, que unem o melhor da tecnologia no controle da sua glicose.

Essas ferramentas foram desenvolvidas para analisar de forma prática, moderna e eficiente os níveis de glicose, mostrando dados de hiperglicemia, análise de alimentações, registros históricos e outras funcionalidades, com um aplicativo exclusivo para o controle das informações.

Caso precise controlar sua glicemia, tenha sempre em mãos um aparelho da G-Tech, que garante uma aferição precisa para que sua saúde esteja sempre em dia!

0270

Você também pode gostar de:

Comments are closed.