Toda mulher, durante a gestação, se preocupa com o bebê que está para nascer e, muitas vezes, se descuida de si mesma. Não é incomum que a balança se torne a última das preocupações. Por causa disso, muitas engordam além do recomendado, enquanto outras ficam com o peso menor do que o esperado.

De forma geral, uma mulher pode ganhar de 7 a 15kg durante os nove meses de gestação, com o ganho de peso dependendo de seu peso antes da gravidez. Assim, é saudável que, nos primeiros três meses de gravidez, ela ganhe cerca de 2 kg e, a partir do quarto mês de gestação, esse peso aumente em média 0,5 kg por semana.

Para ajudar as gestantes, pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveram um aplicativo gratuito, que pode ser baixado nos sistemas IOS e Android, para que as grávidas possam acompanhar o ganho de peso e saber se estão dentro do padrão desejado. A ferramenta ajuda no dia a dia, mas é importante lembrar que não substitui as consultas de pré-natal!

O Peso Gest Br apresenta as curvas de ganhos de peso adotadas no Brasil, que foram atualizadas em 2011, de forma prática. Basta adicionar a data de início da gestação, que pode ser medida a partir de dois métodos (data da última menstruação ou o exame de ultrassonografia), o peso pré-gestação e a altura. O sistema, então, irá fazer as contas e informar os dados.

A partir daí, o aplicativo monta um gráfico, indicando todas as mudanças de peso em relação às semanas de gravidez. A usuária também tem acesso aos registros de peso e até a uma seção com dicas nutricionais, como alimentação saudável. Também há recomendações para gestantes com baixo peso, baseadas no Guia Alimentar da População Brasileira.

E você sabia que ganhar pouco peso também pode colocar em risco a gestante e o filho? Quando o peso estiver fora do previsto, para cima ou para baixo, a gestante recebe um alerta do aplicativo, que sugere uma consulta ao médico que faz o acompanhamento pré-natal. Engordar além do previsto pode trazer problemas de saúde para a mãe, como pressão alta, e afetar a saúde do bebê.

O aplicativo também permite a adição de dados de mais de um usuário. Amigas podem acompanhar juntas suas gestações, e profissionais de saúde podem anexar dados de seus pacientes. E, caso a gestante não fique à vontade para compartilhar suas informações pessoais, não precisa se preocupar. Para preservar a intimidade da mãe, o aplicativo não armazena os dados em nenhum banco externo, já que é offline.

Gostou da dica? Se estiver grávida ou conhecer alguma gestante, compartilhe!

0268

Você também pode gostar de:

Comments are closed.