As cãibras são contrações involuntárias de um ou mais músculos de uma região do corpo, causando dor intensa. Apesar de ocorrer com maior frequência na panturrilha, as dores podem atingir as coxas, pés, mãos e pés.

As fisgadas costumam não ser graves, passam rapidamente, durando menos de dez minutos, e surgem especialmente após a realização de exercícios intensos: a queima da glicose durante os esforços físicos produz ácido lático, que faz o músculo entrar em fadiga ao se acumular em excesso – o resultado disso são os espasmos.

Entretanto, existem outras causas comuns para as cãibras, como a desidratação, falta de cálcio ou potássio (que ajudam a coordenar o trabalho das fibras musculares) e o uso de determinados medicamentos, com destaque para os diuréticos. Para aliviar as dores, busque alongar o músculo atingido e, após isso, realize uma massagem na área afetada.

Fique de olho na quantidade de cãibras

Se você notou o surgimento de mais de uma cãibra por dia, uma demora para a dor passar ou contrações em momentos aleatórios, é importante ficar atento, pois isto pode ser um sintoma de algo mais grave, como deficiência alimentar, má circulação, varizes, diabetes e até mesmo problemas neurológicos.

Para prevenir o surgimento das cãibras, o melhor a ser feito é preparar o corpo antes de atividades físicas, com foco na hidratação e em uma alimentação rica em frutas e legumes, além de realizar alongamentos diários e utilizar calçados adequados as suas atividades físicas – a utilização de suplementos alimentares ou medicamentos só deve ser realizada após avaliação de um especialista.

013889

Você também pode gostar de:

Comments are closed.